16 de julho de 2024
Notícias

Movimento varejista lança Adelaido como pré-candidato a vereador

É com imensa satisfação que o movimento varejista anuncia o presidente da CDL-CG (Câmara dos Dirigentes Lojistas de Campo Grande), Adelaido Vila, como pré-candidato a vereador.

Ele que sempre se empenhou pelo setor produtivo e buscou alternativas para impulsionar o empresário de Campo Grande. Lutou e abraçou pelas causas dos comerciantes.

É importante destacar a participação ativa da CDL durante as obras do Reviva Campo Grande, época em que muitos lojistas foram prejudicados.

Desde o princípio, Adelaido esteve ao lado dos comerciantes, intermediando reuniões com o poder público, cobrando, realizando ações para melhorar as vendas, tudo com o objetivo de ajudar a minimizar os prejuízos.

Outro momento doloroso do setor varejista foi a pandemia. Foi um período de desafio para manter os empregos, manter renda e continuar colocando alimento na mesa do campo-grandense.

Naquela época, a CDL juntou esforços para ajudar o comerciante a manter as portas abertas. Entre uma das inúmeras ações foi buscar uma infectologista para ajudar a preparar o primeiro Plano de Biossegurança para a abertura das empresas. Na ocasião, a Prefeitura de Campo Grande deu o aval para o plano, e ajudou com que mais uma etapa fosse vencida pelo setor que representa os lojistas.

Além disso, por quase 2 anos, Adelaido ficou como titular da Sidagro (Secretaria Municipal de Inovação e Desenvolvimento Econômico).

Um dos marcos neste período foi o relacionamento criado com representantes de outros países, bem como a inauguração do escritório internacional, que já viabilizou mais de 50 reuniões empresariais e institucionais, o que faz com que mais empresários do setor no Estado tenham novas oportunidades até mesmo fora do País.

Além disso, outros projetos também ajudaram no desempenho do varejo, como parcerias fechadas para o fomento do trabalho rural; capacitações e cursos para melhorar a mão de obra; projetos aprovados pelo Codecon (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico) que vão investir em mais empresas na Capital e gerar mais empregos. No ano passado foram aprovados 20 projetos que preveem injetar R$ 170 milhões e gerar 700 novos postos de trabalho.

A FCDL-MS (Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas de Mato Grosso do Sul) apoia e reconhece a importância de ter representantes do setor produtivo em todas as esferas do poder.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *